Hoje é dia

10 de agosto, morre um carpinteiro que descobriu ouro e acabou pobre

Chama-se James Marshall e foi um carpinteiro norte-americano. A sua arte não lhe permitiu ser conhecido, mas este californiano descobriu ouro nas margens do American River. Acabou expulso das próprias terras e não colheu lucro do ouro que seria seu. Marshall morreu a 10 de agosto de 1885.

Hoje é dia de contar uma história de um homem simples, carpinteiro, que descobriu ouro no American River, nos EUA. James Wilson Marshall foi expulso do local e nunca chegou a retirar partido da sua descoberta, mas o seu nome acaba por ficar associado a um facto histórico no território norte-americano.

A descoberta de James Wilson Marshall, a 24 de janeiro de 1848, deu início ao período que ficou conhecido como ‘Corrida do Ouro da Califórnia’. Marshall foi expulso das próprias terras, em virtude da sede de lucro que o fenómeno gerou, e a sua descoberta nunca lhe proporcionou qualquer lucro.

O American River, localizado na Califórnia, adquiriu, em virtude desta descoberta, um importante papel na história dos EUA. Ao contrário de James Wilson Marshall, que passou discreto, apesar de ter sido o responsável pelo fenómeno. Este carpinteiro morreu a 10 de agosto de 1885 e hoje é recordado.

Nasceram a 10 de agosto Christian Hermann Weisse, filósofo alemão (1801), Henry Nestlé, industrial suíço (1814), António Gonçalves Dias, poeta brasileiro (1823), Sérgio Frusoni, poeta cabo-verdiano (1901), Norma Shearer, atriz canadiano (1902), Arne Tiselius, químico sueco e Nobel da Química (1902), e Leo Fender, construtor de guitarras norte-americano (1909)

Nasceram ainda Jorge Amado, escritor brasileiro (1912), Wolfgang Paul, físico alemão, Nobel da Física (1913), António Sanches Branco, governador português (1918), Blanca Varela, poeta peruana (1926), Ian Anderson, cantor, compositor e guitarrista norte-americano (1947), Patti Austin, cantora de jazz norte-americana (1950), e Antonio Banderas, ator e produtor de cinema espanhol (1960).

Morreram neste dia Filipe da Borgonha, Conde de Auvérnia e Bolonha (1346), Anthony Munday, dramaturgo inglês (1633), George Thomas Staunton, explorador britânico (1859), Charles Dawson, arqueólogo e paleontólogo britânico (1916), e Robert Goddard, engenheiro e físico experimental norte-americano (1945).

Morreram também Emmy Hennings, escritora alemã (1948), Frank Lloyd, realizador escocês (1960), Walther Gerlach, físico alemão (1979), Gareth Evans, filósofo inglês (1980), Pinheiro de Azevedo, político português (1983), Edmund Germer, inventor alemão (1987), e Sidney Fox, bioquímico norte-americano (1998).

Quer receber o Hoje é Dia todos os dias na sua caixa de correio?


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir
error: