Hoje é dia

1 de janeiro, assinala-se o Dia Mundial da Paz

dia 1 de janeiroNo primeiro dia do ano, assinala-se o Dia Mundial da Paz. A data foi criada pelo Papa Paulo VI que estabeleceu que 1 de janeiro de todos os anos, a partir de 1968, seja dedicado a este bem supremo.

“Dirigimo-nos a todos os homens de boa vontade, para os exortar a celebrar o Dia da Paz, em todo o mundo, no primeiro dia do ano civil, 1 de Janeiro de 1968. Desejaríamos que depois, cada ano, esta celebração se viesse a repetir, como augúrio e promessa, no início do calendário que mede e traça o caminho da vida humana no tempo que seja a Paz, com o seu justo e benéfico equilíbrio, a dominar o processar-se da história no futuro”, escreveu o Papa Paulo VI, na primeira mensagem para este dia.

O Dia Mundial da Paz pretende exaltar um bem primário, a uma só voz, como referência de uma sociedade moderna. E o ano começa com uma das mais importantes celebrações da Humanidade.

“A Igreja Católica, com intenção de servir e de dar exemplo, pretende simplesmente lançar a ideia, com a esperança de que ela venha não só a receber o mais amplo consenso no mundo civil, mas que também encontre por toda a parte muitos promotores, a um tempo avisados e audazes, para poderem imprimir ao Dia da Paz, a celebrar-se nas calendas de cada novo ano, caráter sincero e forte, de uma humanidade consciente e liberta dos seus tristes e fatais conflitos bélicos, que quer dar à história do mundo um devir mais feliz, ordenado e civil”, resumiu o Papa Paulo VI.

Nasceram a 1 de janeiro Lorenzo de Medici, estadista italiano (1449), Pierre de Coubertin, pedagogo e historiador francês (1863), Edward Morgan Forster, romancista inglês (1879), John Edgar Hoover, fundador do FBI (1895), António Sousa Freitas, poeta português (1921), Álvaro Barreto, político português (1936), e Gennadi Sarafanov, astronauta russo (1942).

Morreram neste dia Johann Ludwig Krebs, compositor alemão (1780), Johann Christian Bach, compositor alemão, filho de Johann Sebastian Bach (1782), José Anastácio da Cunha, matemático e poeta português (n1787), Heinrich Hertz, físico alemão (1894), Eugene Paul Wigner, físico húngaro (1995), e Helen Suzman, ativista anti-Apartheid sul-africana (2009).

Quer receber o Hoje é Dia todos os dias na sua caixa de correio?


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir
error: